Sua saúde em 1º lugar!

2123 loool

Cuidando de você em todas as fases da vida!

1 1

Venha Conhecer Nosso Espaço!

Venha Conhecer Nosso Espaço Conheça nosso Espaço

Sua META é o nosso OBJETIVO!

1 1

Um risco chamado Hiponatremia!

      A hiponatremia é um quadro desequilíbrio hidroeletrolítico que resulta na queda anormal da concentração plasmática de sódio,  associada ao exercício é uma das maiores causas de atendimentos médicos em eventos de endurance.

Os sintomas da hiponatremia, inicialmente similares aos da desidratação:

·         Tontura,
·         Cãibras musculares 
·         Confusão mental 
·         Enjôo

A manutenção desses baixos valores afeta o balanço osmótico na barreira hematoencefálica, causando a rápida entrada de água no cérebro, o edema cerebral e uma cascata de respostas neurológicas, cada vez mais graves (confusão, crises, coma), que podem culminar com a morte em conseqüência da lesão do tronco cerebral. 

A hiponatremia que acomete os atletas é mais freqüentemente caracterizada pela hipoosmolalidade do plasma. Essa condição é conhecida como hiponatremia dilucional , ou seja, há mais água que o normal para a quantidade de substâncias dissolvidas no plasma. Na grande maioria das vezes, ela ocorre em função da perda prolongada de sódio por meio do suor, aliada à ingestão excessiva de fluidos — promovida pela necessidade inconsciente (e inexistente) de beber o máximo possível durante o exercício para evitar a desidratação.

            COMO EVITAR:

Some à diferença de peso a quantidade de líquido que tiver sido consumida durante a sessão de treino e obtenha, assim, a taxa de desidratação por suor, por hora. Para calcular quanto beber durante a competição, utilize como referência pelo menos 80% desse valor.

            ANTES DA COMPETIÇÃO:
Na semana da competição, mantenha-se hidratado, principalmente se o evento for ocorrer em local quente. Um bom indicativo é a cor da urina, que deve estar amarelo-palha. Nos dois a três dias que antecedem o evento, aumente a ingestão de sódio adicionando um pouco de sal às refeições, consumindo alimentos salgados e ingerindo de uma a duas garrafas de bebida isotônica por dia.
DURANTE A COMPETIÇÃO:
Utilize preferencialmente bebidas isotônicas para a hidratação e consuma sódio regularmente durante o evento de longa duração — a quantidade ideal pode ser calculada por um NUTRICIONISTA.