Sua saúde em 1º lugar!

2123 loool

Cuidando de você em todas as fases da vida!

1 1

Venha Conhecer Nosso Espaço!

Venha Conhecer Nosso Espaço Conheça nosso Espaço

Sua META é o nosso OBJETIVO!

1 1

Creatina e Atividade Física

             Identificada em 1835 pelo cientista francês Michel Chevreu a creatina, ou ácido acético metilguanidina, é um composto orgânico derivado de aminoácidos (arginina, glicina e metionina). Localizada dentro da célula onde é convertida em fosfocreatina e utilizada como fonte de energia, principalmente nas células do músculo esquelético.
           É fornecido tanto extrinsecamente como intrinsecamente, extrinsecamente pela dieta na qual fornece cerca de 1g de creatina/dia, tendo como fontes alimentares peixes, carnes e outros produtos de origem animal (existindo interferência do método de preparo na quantidade de creatina disponível no alimento). E intrinsecamente pelo organismo a partir de unidades dos aminoácidos glicina, arginina e metionina, mas especificamente no fígado, nos rins e no pâncreas. Diariamente uma fração de creatina e de fosfocreatina é convertida em creatinina, sendo excretada aproximadamente 2g pela via renal.
             Possuindo auge nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992, onde foi detectado o uso de creatina por diversos atletas e na Olimpíadas de Atlanta, em 1996, na qual se estima que 80% dos atletas tenham utilizado a creatina com finalidade ergogênica.

Mecanismo de ação no exercício:

            A creatina age como energia de rápida utilização pela ressíntese do ATP, que na contração muscular é quebrado em ADP + Pi. Sendo então de fundamental importância para geração e sustentação de máxima intensidade com duração de até 30 segundos.
Ação tamponante muscular:
           Na ressíntese do ATP a partir do ADP-CP consome um íon hidrogênio, assim, a utilização de CP contribuirá para tamponar o H+ (HARRIS et al, 1992), permitindo que o músculo acumule mais ácido lático antes de alcançar a concentração hidrogeniônica (pH) muscular limitante, possibilitando que mais exercícios de alta intensidade sejam realizados;
SÖDERLUND et al (1994) e YQUEL et al (2002) relataram níveis de ácido lático pós-exercício mais baixos após suplementação com creatina, mesmo apesar de uma carga mais alta.

Efeitos colaterais e tóxicos:

           Tem-se associado o uso da creatina a possíveis efeitos adversos, como, danos renais e hepáticos, desidratação, aumento da PA, mal-estar gastrintestinal, câimbras musculares e lesões musculares durante o treinamento;
           Até o momento, não existem estudos publicados que justifiquem tais associação;
           Usos de altas doses de creatina durante quase dois meses não promoverão alterações nas funções do fígado e dos rins.

Recomendações para seu uso:

           Durante os seis primeiros dias deve ser realizado o procedimento de sobrecarga, com ingestão de 20 g/dia (4 x 5g/dose). Esse nível de creatina pode ser mantido por aproximadamente oito semanas com a ingestão diária de 2g/dia da substância. Após o período de manutenção deve-se parar com a suplementação, permitindo que os transportadores aumentem sua sensibilidade.

Otimização:

 A entrada de creatina na corrente sanguínea é mais rápida quando a creatina é ingerida com um líquido quente;
 A ingestão em solução é mais eficiente que a ingestão na forma de tablete;
 A suplementação de creatina associada a ingestão de carboidrato pode aumentar em até 60% o acúmulo dessa substância;

Regulamento Técnico de Alimentos para Atletas (Alimento para atletas: Anvisa propõe regulamentação Brasília, 14 de novembro de 2008 - 16h30)

1. ALCANCE
            Este regulamento se aplica aos alimentos especialmente formulados para auxiliar os atletas a atender suas necessidades nutricionais adicionais com objetivo de rendimento esportivo.
5. Requisitos Específicos
5.5.1 Suplemento de creatina para atletas.
a) A recomendação diária indicada pelo fabricante deve conter entre 3 e 5g de creatina.
b) O grau de pureza da creatina monoidratada utilizada na formulação do produto deve ser superior a 99,95%.
c) Outras formas de creatina podem ser aceitas desde que comprovada sua segurança de uso, conforme Regulamento Técnico específico, e eficácia da finalidade de uso para atletas.
d) Este produto não pode ser adicionado de vitaminas e minerais.
7. ROTULAGEM
7.2 Para todos os produtos previstos neste regulamento devem constar as seguintes advertências em destaque e negrito:
“Este alimento é destinado exclusivamente a atletas sob recomendação de nutricionista ou médico e não substitui uma alimentação equilibrada”.
“Este produto não deve ser consumido por crianças, gestantes, idosos e portadores de enfermidades”.
7.4 Para os suplementos de creatina para atletas deve constar a advertência em destaque e negrito:

“O consumo deste produto acima da recomendação diária, sem a orientação de nutricionista ou médico, pode ser prejudicial à saúde do atleta”.

Referências bibliográficas:
- TIRAPEGUI, Julio. Nutrição, metabolismo e suplementação na atividade física. São Paulo: Editora Atheneu, 2009.
- BACURAU, Reury Frank. Nutrição e suplementação esportiva.-6.ed. São Paulo: Phorte, 2009.
- MCARDLE, William D. Nutrição para o desporto e o exercício.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A.
- Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Consulta Pública nº 60, de 13 de novembro de 2008.D.O.U de 14/11/2008.Disponível em: www.anvisa.gov.br
- SILVA, Emerson G. B.; BRACHT, Ana M. R Creatina, função energética, metabolismo e suplementação no esporte. Rev. Da Educação Física/UEM. 2001, v.2, n.1, pp. 27-33, 1. sem.
- GUALANO, Bruno et al. A suplementação de creatina prejudica a função renal? Ver. Bras. Med. Esporte. 2008, vol. 14, n.1, Jan/Fev.

                                                                              Nutricionista João Pedro Castelo Branco

                                                                              Nutricionista Luana Santiago da Cunha
                                                                                      
                          Para melhor resultado consulte seu nutricionista. Alimente essa idéia!!!